Submarino argentino desaparecido ainda possui oxigênio e comida

A Marinha Argentina informou neste domingo (19), que o submarino que está desaparecido desde a última quinta-feira (16), ainda possui reservas de oxigênio e comida. Segundo o porta-voz Enrique Balbi, a tripulação estava preparada para uma viagem de 10 dias e tinha suprimentos para uma quinzena.

 A Marinha trabalha com a possibilidade de que o submarino esteja “tanto na superfície quando submerso, com ou sem propulsão”. Até este domingo, as buscas pelo San Juan já haviam alcançado 80% da área estipulada pela Marinha. A Marinha e a Força Aérea Brasileira também estão apoiando as buscas. Foram enviadas três embarcações e duas aeronaves para auxiliar na operação. Antes de completar os 20% restantes da superfície marítima, o protocolo foi ativado para investigar as profundezas do mar, informou o jornal “Clarín”.
COMPARTILHAR