O ministro Celso de Mello, decano do Supremo Tribunal Federal, classificou de “inconsequente e golpista” a declaração do deputado federal eleito Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) de que bastam um soldado e um cabo para fechar o STF, segundo o jornal Folha de S.Paulo desta segunda-feira (22).

COMPARTILHAR