Estação espacial chinesa se desintegra ao reentrar na atmosfera

Da Agência Brasil e Agência EFE
A estação espacial chinesa Tiangong-1 fez a reentrada na atmosfera na região central do Pacífico Sul, por volta da 0h15 desta segunda-feira, (21h15 de domingo em Brasília), de acordo com o anúncio do Escritório de Voos Espaciais Tripulados (CMSEO, na sigla em inglês). A maior parte da nave se desintegrou na reentrada, devido ao elevado calor gerado pela atrito com a atmosfera durante a queda, acrescentou o órgão, citado pela agência oficial de notícias Xinhua.

As informações sobre a área e o tempo da reentrada variaram muito nas últimas horas, pois a estação espacial estava fora de controle e todas as estimativas eram aproximadas.

COMPARTILHAR