A Bahia atraiu a atenção da empresa chinesa CCETC. Em maio o governador Rui Costa se reuniu com quatro representantes do grupo, sendo um deles o presidente da corporação, Guo Xianda. Na oportunidade, os chineses apresentaram o projeto de termoelétrica movida a gás que será implantada pela CCETC no município de Dias D’Ávila, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

De acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo, a companhia investirá cerca de R$ 400 milhões para construir duas termoelétricas no Estado: Camaçari Muricy II e Pecém Energia, de 143 megawatts (MW) cada.

A obra deve ser finalizada em 2020. Os chineses informaram que a terraplanagem da área de 140 mil metros quadrados será iniciada já em setembro deste ano. Como contrapartida ao apoio do governo, os chineses garantiram que utilizarão 70% de mão de obra local. Este é o primeiro investimento feito pela CCETC no Brasil.

COMPARTILHAR