As reservas de Querosene de Aviação (QAV) do Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek acabaram na manhã desta sexta-feira (25). Aviões que pousarem e que necessitarem de abastecimento ficarão em solo até o fornecimento de combustível no terminal ser normalizado. A informação é da Inframerica, empresa que administra o local, divulgada às 8h30.

“É fundamental a liberação dos caminhões bloqueados no protesto de motoristas para regularizar o atendimento e as operações”, destacou, em nota, a Inframerica. Nos últimos dias, apenas 10 veículos carregados chegaram ao aeroporto, todos sob escolta policial. Diariamente, o terminal recebe uma média de 20 caminhões.
COMPARTILHAR