O comandante geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão, não confirmou que os sete homicídios em Feira de Santana em somente 3 horas neste domingo (17) tenham relação com a execução de um policial militar, também neste final de semana.

“O que temos certeza é que foram praticados por grupos criminosos”, disse o coronel, explicando que os crimes serão investigados. “O delegado regional está trabalhando em várias vertentes e em breve dará coletiva informando mais coisas”, falou.

O comandante também lamentou a morte do soldado da Polícia Militar Wagner Souza de Araújo, que foi baleado fora de serviço ao tentar impedir um assalto contra um casal.

“Nosso policial foi um guerreiro. Isso demonstra seu espírito na defesa das pessoas. Aqui eu externo em nome da corporação o que estamos sentindo nesse momento”, acrescentou, em entrevista à TV Bahia nesta segunda-feira (11).

COMPARTILHAR